Dicas para comprar em liquidações

Confira abaixo algumas dicas para comprar em liquidações, não há muitos segredos para fazer bons achados.

Dicas para comprar em liquidações sem erro!

Comprar é bom, mas sempre existem dois lados. Por uma lado é uma das melhores formas para abastecer o armário. Principalmente, nessas liquidações de começo de ano, já começamos o ano com nosso armário completo. Por outro lado, é a melhor forma das lojas colocarem para venda aqueles produtos que ficaram estocados, que por algum motivo ou outro, não venderam e que tem em excesso no estoque. Mas, é possível garimpar. E com alguns truquezinhos dá pra fazer boas compras e investir o dinheiro da forma mais correta possível. Por isso, eu decidi listar alguns truques que eu já uso, que sempre me ajudaram a fazer bons investimentos e não errar na hora da compra.

Liquidação

Limpe seu armário

Uma das primeiras coisas que eu faço antes de ir pro shopping, lojas, antes de qualquer coisa, é limpar o meu armário. Eu não estou falando para vocês doarem as peças, venderem ou se desfazer, quem não quiser ou tiver o armário muito enxuto, mesmo assim limpe o armário. Saibam direitinho quais são as peças que tem, quais peças estão faltando, quais as peças que tem em excesso. Por exemplo, eu tenho muita camisa branca, eu sei que camisa branca é uma coisa que eu não preciso comprar agora, há não ser que tenha um modelo lindo que eu tenha me apaixonado. Mas se não, eu posso investir em outra cor, um preto, por exemplo. Então, limpar o armário vai ser fundamental para não errar, não comprar em excesso e comprar aquela peça que não tem como combinar com o armário de vocês. Porque limpando a gente vai conseguir ver os modelos que já temos, que ainda não tem e não vai errar.

Lista de compras

Fazer uma lista é essencial para não fazer a louca na loja e não querer comprar absolutamente tudo que estamos vendo. Com essa lista você vai saber quais são os elementos que estão faltando no armário. Inclusive dá pra comprar aquelas peças essenciais que eu já falei em um outro post aqui, vale a pena comprar. A época de liquidação é uma ótima para poder investir nesses essenciais.

Por isso, essa listinha é tão fundamental e ela vai servir realmente como âncora para vocês não se desvirtuarem do que vocês precisam comprar e não gastarem demais. Não que vocês precisem seguir ela à risca, é como eu disse anteriormente, se encontrar alguma coisa linda e maravilhosa que está valendo o preço, vai e se joga! Mas se não, dá uma segurada aí, volta para a listinha e aí está tudo certo.

Custo x Benefício

O custo versus benefício também é fundamental. Porque ás vezes vale muito mais a pena comprar um short que vale R$100,00 e vamos poder usar 100 vezes, do que poder levar aquela blusinha de R$30,00 que vamos poder usar só 3, ela não vai se pagar com o uso. Então, pense nas peças que vocês vão comprar, veja se vale a pena e se atendem a etiqueta. A etiqueta é fundamental nessas horas, porque ás vezes na liquidação, na euforia de ter achado uma peça muito barata, não damos muita atenção para a composição da peça. E, por exemplo, podemos levar uma blusa que é de seda, mas na verdade é de poliéster. Comprando gato por lebre, acha que está comprando seda, mas está levando poliéster. Não vale a pena! A mesma coisa funciona para lã, achamos que estamos levando lã, mas na verdade é acrílico. Vocês podem achar que parece bobagem, que é uma coisa substancial, mas não gente, isso é fundamental e vai dizer respeito à durabilidade das peças, do jeito que essa peça vai poder ser lavada; de vários outros detalhes que podem encarecer o produto. Por exemplo, você está comprando uma peça que você achou linda e maravilhosa, mas que ela só pode ser lavada a seco, se não ela fica feia e toda errada; e aí não é um investimento porque lavar a seco acaba saindo caro, levar para à lavanderia. Então, não é um bom investimento, mesmo sendo uma blusa que saí por sei lá, R$50,00. Ela não vai se pagar com o uso. Para poder ter uma manutenção adequada daquela peça você também vai ter que investir um pouquinho a mais. Não vai ser uma boa compra.

Então, se atentem ao custo x benefício, quantas vezes você vai poder usar aquela peça e também fique ligada a composição, para não comprar errado.

Contenha impulsos

Junto com isso também, temos que conter os nossos impulsos. Ás vezes eu prefiro ir ao shopping sozinha do que com amigas, porque amiga sempre vai achar aquela peça linda e vai te induzir a levar. Contenha os impulsos e não vai na euforia de comprar todas as peças. Está levando coisa demais, em excesso, que foge daquela lista que falei no início do post, pare, separe aquelas peças, vai tomar um café, pensa no quanto você vai gastar e depois volta com calma ou vai em outra loja, dá uma esfriada na cabeça, seleciona aquelas peças, deixa elas separadinhas ali com a vendedora e volta ali depois para poder comprar. Não compra na euforia que é certeza de você se arrepender, 90% de chances.

Cuidado com o espelho

Outra coisa é cuidar com o espelho. Pode parecer bobagem, mas essa é uma dica de uma pessoa que gosta de comprar, consumista. Porque o espelho da loja e a iluminação da loja nos engana, a Zara é rainha de fazer isso. O espelho engana. Ficou na dúvida, não sabe se a peça está boa ou não; tem um truque que eu sempre faço é, fotografo o look junto de mim, como se fosse uma selfie, não usem o espelho pra isso. Não vale usar espelho e se fotografar no espelho, não vai adiantar nada, porque o espelho já está deixando vocês magra. Peça pra vendedora fotografar o look ou se vocês forem com a amiga ou mãe, peça pra elas fotografarem o look pra você. Que na foto do celular, a gente já consegue ter realmente uma noção de como o look ficou no nosso corpo e o espelho não vai te enrolar.

Chega do espelho usar esse truquezinho. Chega das lojas usarem esse macete da luz e do ângulo do espelho, para nos induzir à compra. Vamos ser espertas!

Tenha um orçamento

Ter um orçamento também é fundamental porque com aquela nossa listinha de compras a gente vai saber o que vai comprar. E depois, não vai se arrepender, porque se você está em orçamento e não sabe o que comprar, simplesmente foi ao shopping a Deus dará, a chance de comprar qualquer coisa, simplesmente por comprar é muito grande. Então, se você tem um orçamento, não vai se arrepender depois.

Não existe coisa pior do que vocês comprarem, fazerem a louca na loja, comprar absolutamente tudo e daqui a três meses vocês estarem pagando aquelas contas ainda, que fizeram no início do ano. Isso não é inteligente, não é legal de fazer. Então, tenha um orçamento em mente. Não precisa ser uma receita de médico, uma coisa que você precisa listar exatamente aquele orçamento, gastar exatamente aqueles centavinhos. Vocês podem gastar menos, podem gastar mais. Mas, você terá uma base de quanto podem investir, que não irão se arrepender depois, sem ter a cabeça cheia de dividas.

É sua cara mesmo?

E por último, pra fechar a nossa listinha, é ter certeza que as peças tem a nossa cara, de que elas são o nosso gosto. Estamos rodeadas por referências, é só abrir o Instagram que a gente sempre está sendo bombardeada por referência de peças pra gente comprar toda hora. Tem que saber que nem tudo que saí, que é lançado combina com nosso estilo. A gente tem que saber definir exatamente o que a gente gosta de vestir para poder comprar de forma mais coerente e correta.

E tenha certeza de que vocês não estão comprando aquela peça só porque é tendência, só porque fulano ou cliclano disse que era legal. Compre porque vocês se identificaram, porque vocês acharam legal, mas vocês investiram e funcionou também pro estilo de vocês.

Se vocês não quiserem errar na liquidação, invistam nas peças essenciais:

  • Camisa branca de bom corte, que é sempre uma peça valiosa
  • Uma calça bem cortada
  • Short de alfaiataria ou jeans
  • Scarpin
  • Bolsa preta estruturada

Essas peças que a gente sabe que são curingas e que são bons investimentos, agarrem pra vocês na liquidação, que é certeza de sucesso. Pode ser que algumas diquinhas pareçam bobas, mas pra quem está acostumada assim a comprar nas lojas em liquidação, sabe que são úteis. Porque são coisas que a gente realmente não se dá conta.

Não é toda menina que se dá conta de limpar o armário, de fazer uma lista, de programar o orçamento, de escolher as lojas e testar não só no provador, mas também na prática ali, dá uma abaixadinha. O truque da calça jeans, por exemplo, eu quando vou comprar, não visto a calça jeans e me olho no espelho. Eu baixo pra ver se o cós dela não vai descer muito, tiro uma foto com o celular pra ver se ela vai ficar realmente do jeito que eu queria. São alguns macetes que funcionam e que eu acho que vale a pena vocês terem em mente, porque vão ajudar vocês a otimizar o armário e a efetivamente usar essas peças no dia-a-dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *