Seda Verão 2016

Tecidos Verão 2016: Dos fluidos vestidos de cintura baixa dos anos 20 às camisas da mulher trabalhadora de 2000, a seda é um dos tecidos mais versáteis e resistentes da história da moda.

Seda Verão 2016

Quem diria que uma trama tão delicada sobreviveria ao tempo e à distância e conquistaria o mundo? Reza a lenda que, num passado remoto, os chineses aprenderam a fabricar a fibra a partir do casulo do bicho-da-seda e mantiveram a técnica em segredo para construir um rico monopólio. Começaram a exportar o material para a Índia lá pelos idos de 600 a.C., muito antes do país das especiarias também ficar conhecido por esta preciosidade. Naquela época, a China ligava-se ao Mar Mediterrâneo por vias terrestres que eram utilizadas desde os primeiros séculos de nossa era para a comercialização de produtos entre o Oriente e a Europa, formando assim, a maior rede mercantil do Mundo Antigo. Não à toa, mais tarde esse caminho viria a ser chamado de Rota da Seda.

Seda Verão 2016Se hoje vibramos diante de um quimono estampado sobre camiseta básica com jeans, isso é graças à democratização e à globalização da moda, que começou com este trajeto de mais de 7 mil quilômetros, percorrido há cerca de 10 mil anos por peregrinos, comerciantes, aventureiros, soldados e monarcas, antes mesmo de ser apelidado como tal pelo arqueólogo alemão Ferdinand von Richthofen, no século 19. A Rota da Seda foi importante não somente para o desenvolvimento de regiões e grandes civilizações – Mesopotâmia, Egito Antigo, Pérsia, Roma e as próprias China e Índia -, como também embasou o início do mundo moderno. Aliás, foi por causa das aventuras marítimas de Portugal que o tecido rompeu fronteiras e perdeu seu DNA oriental, ainda que mantenha intacto o toque que lhe é característico e sua origem histórica.

De lá pra cá, a seda tornou-se indispensável no guarda-roupa feminino e ressurge vez por outra como personagem principal de uma estação. Alguns elementos, porém, são clássicos: a estampa de gravataria marcando peças com corte de alfaiataria, as mangas esvoaçantes, o decote quadrado, os prints florais com desenhos de elegante e o toque oriental. Tudo, claro, sempre muito colorido.

As roupas da moda verão 2016 ganham vida em peças de seda pura ou georgette de seda numa cartela que vai do branco aos amarelos, laranjas e rosas da rica flora dos jardins orientais. A sensualidade velada dos máxi comprimentos ganha fôlego com recortes estratégicos, como fendas nas pernas e ombros de fora. E para arrematar, entram em cena acessórios poderosos – turbantes, colares com jade, faixas e cintos de tresê com pingentes. São as vozes do outro lado do mundo ecoando por aqui. Deixe-se levar e embarque nessa viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *